escritas e falares da nossa língua


segunda-feira, maio 14, 2007

os meses do ano

os nomes dos meses são os mesmos em todo o espaço da Fala, com ligeiras diferenças dialectais ou com diferentes tradições de grafia - que, porém, não traduzem diferenças de pronúncia. exº: Março ou Marzo; Xullo ou Julho.


janeiro - graf. altern. (Gz.): xaneiro

fevereiro - na Galiza: febreiro (corresponde à pronúncia verdadeira no Norte de Portugal)

março - graf. altern. (Gz.): marzo. na Galiza, tamém "marçal", graf. altern. "marzal". ver Comentº de Fer

abril
maio
junho - graf. altern. (Gz.): xuño. tamém chamado "do são joão"

julho - graf. altern. (Gz.): xullo. a cada um o seu mês. este é o meu. pop: "mês de S. Tiago".

agosto
setembro
outubro - em certas regiões do Centro de Portugal: oitubro

novembro - mês tamém chamado "dos santos" e "de são martinho"

dezembro - graf. altern. (Gz.): decembro. tamém chamado "do natal"


nota: no Brasil, os meses são grafados em minúsculas. exº: "janeiro" e não "Janeiro".

5 Comments:

  • Na Galiza é mui estendido falar de Março, como mês de/do marçal ou só marçal: Primeira semana do marçal...

    E como sempre: Obrigado por este magnífico blog! :D

    By Blogger Fer, at 5:12 da tarde  

  • Na Galiza alguns meses tenhem outros nomes à parte desses.
    Agora mesmo nom sei se me lembro de todos mas alguns som:
    Dezembro>Nadal/Natal
    Junho>Sam Joam
    Junho>Santiago
    Novembro>Santos
    Imagino que no refraneiro (no blogue e no refraneiro propriamente dito tb, hehehe) se poderám ver exemplos do uso destes outros nomes.

    By Blogger La queue bleue, at 12:02 da manhã  

  • Por sinal, acabo de topar um site (http://www.galespa.com.ar/chamadeiros_meses.htm) onde fala disso e permito-me fazer copy/paste:
    "En resumo, froito das diversas improntas deixadas polos habitantes ghalaicos e os sucesivos conquistadores da Gallaecia os meses na linghua ghalegha non seghen un só modelo senón unha hibridación:

    1º mes: xaneiro (influxo romano).
    2º mes: febreiro.
    3º mes: marzo / marzal.
    4º mes: abril / mes das frores* (forma normativa actual: flores) –calendario agrario-.5º mes: maio.
    6º mes: xuño / san xoán (aportación paghánica).
    7º mes: xullo / santiagho (influencia cristiá) / mes da segha (calendario agrario).
    8º mes: aghosto / mes de Santa María (aporte cristián).
    9º mes: setembro.
    10º mes. outubro / outono (calendario agrario).
    11º mes: novembro / santos (achegha cristiá).
    12º mes: decembro / nadal (influencia cristiá)."

    By Blogger La queue bleue, at 12:04 da manhã  

  • Interessante esta achega popular dos nomes dos meses. Tenho ideia de a minha avó dizer algo assim do género e a minha mãe ainda hoje fala de determinado mês por algo que lhe é característico, tal como o mês das flores, em Abril, e das cerejas, em Maio.

    Ah e deste mês diz ela "Em Maio ainda se comem as cerejas ao borralho!", quando nos atopamos com mau tempo e frio.

    By Blogger Calécia, at 2:32 da tarde  

  • pois, só agora vi os vossos comentários. quanto mais se apura mais se achega. lá como cá...

    nom quero entrar em polémica, mas duvido que "santiago" e "natal/nadal" sejam aportes cristâos.
    "natal" vem de "natalis solis invictus", "o (re-)nascimento do sol invencível", celebrado a 25 de dezembro pelos romanos, muito antes da vinda de Cristo. e quanto a "santiago", tamém já falei noutro lugar.
    são hoje festas cristãs e pronto.
    vem a dar ao mesmo.

    By Blogger o viajante, at 12:22 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home