escritas e falares da nossa língua


domingo, junho 03, 2007

as vias

quanto a este tema, os Países da Fala seguem tamém os mesmos caminhos. a grafia alternativa pode induzir a ideia de diferença onde ela não existe.


atalho - graf. altern. (Gz.): "atallo". sendo uma forma de abreviar caminho, nem sempre é a mais aconselhável. lá diz o refrão, "quem se mete por atalhos mete-se em trabalhos".

calçada - graf. altern. (Gz.): "calzada"
caminho - graf. altern. (Gz.): "camiño"
carreiro -
carril -
corredoira ou corredoura - caminho para carros (de bois). sobrevive na Toponímia
cruz (Pt.) -
cruzamento (Pt.) -
cruze (Gz.) - o mesmo que "cruz", "cruzamento", "cruzeiro"
cruzeiro -
estrada -
ladeira - caminho abrupto pelo declive de um monte
rua -

4 Comments:

  • Quelhos...
    Becos...



    Boa semana!

    By Blogger Calécia, at 2:34 da tarde  

  • pois... mas primeiro estou a reunir os termos comuns.
    obrigado pela achega.
    abraços.
    boa semana!

    By Blogger o viajante, at 4:55 da tarde  

  • corredoira sobrevive na Toponímia? Acho que na Galiza é bastante usado na fala.

    By Blogger Iván, at 2:12 da tarde  

  • pois não disse o contrário. estava a referir-me a Portugal. mas fica o contributo de um leitor atento àquilo que, de qualquer modo, é uma imprecisão.
    obrigado.

    By Blogger o viajante, at 9:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home