escritas e falares da nossa língua


terça-feira, abril 29, 2008

fazer ouvidos de mercador

"fazer ouvidos de mercador" significa "fazer orelhas moucas", "fazer de conta que não se ouviu", "não ligar ao que dizem".
o mercador era alguém que se dedicava a vender bens ou objetos, viajando de terra em terra ou de um país para outro. o seu êxito devia mais àquilo que dizia aos clientes do que àquilo que os clientes lhe diziam. não era bom irritar-se ou zangar-se ou, simplesmente, permitir que os ânimos aquecessem. era o que hoje diríamos uma "postura profissional", de uma impassibilidade simpática, quanto baste para agradar. porque agradar demais também não é boa cousa.
enfim, manhas de persuasão.
está tudo na mesma.
mudaram os sítios onde se fazem as cousas
mas os homes não mudaram nada.

4 Comments:

  • Encontrei uma explicação diferente para esta expressão idiomática: http://bell-tira-teimas.blogspot.com/2007/11/fazer-ouvidos-de-mercador.html

    By Blogger bell, at 11:19 da tarde  

  • pois, há até mais.
    eu escolhi aquela que dá menos voltas à imaginação e à língua.
    de qualquer modo, seja "mercador", "marcador" ou "mau credor", a ideia é a mesma: "fazer de conta que não ouve".
    obrigado pelo contributo.

    By Blogger o viajante, at 8:54 da manhã  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    By Blogger helena silveira, at 5:29 da manhã  

  • Ouvidos de mercador. sempre o ouvi assim. De "marcador" não faz sentido, na minha óptica.
    Os mercadores, os que apregoavam, vendiam não vendendo na nossa venda "moderna", a venda personalizada e cuidada de hoje em dia. Fazer "Ouvidos de mercador" é não deixar o "cliente" mostrar a sua dor e aquilo que o apoquenta. É deixa levar! "É 5€ D. Maria!" isto é um mercador! De mercado, vale? ;)
    Contudo,, dada a evolução da língua já conseguem explicar a óptica do "marcador"! :P Bjo

    By Blogger helena silveira, at 5:31 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home